Nova Zelândia Paga A Viagem Para Estrangeiros Em Busca de Emprego

A capital da Nova Zelândia, Wellington, tem um robusto pólo de indústria de tecnologia e busca pessoas talentosas para integrar as equipes de desenvolvimento de software, gerência de produto e estratégia digital, fortalecendo a marca do país que sempre recebe e abriga muito bem as pessoas que ele visitam e decidem ali se fixar. Seria uma notícia comum, se não fosse por um único, simples e genial detalhe: para participar do processo seletivo de cada empresa, a cidade oferece uma viagem de até quatro dias para os 100 estrangeiros selecionados para as entrevistas de emprego. Então, é, sim, isto mesmo: você é selecionado para fazer entrevistas de emprego com suas passagens tendo sido pagas pela cidade que abriga a empresa por você interessado.

Conheça a cidade de Toronto: fotos, pontos turísticos e muito mais

Pesquisa revela quais são os melhores horários para comprar passagens aéreas mais baratas

Para participar do processo de seleção, todos os interessados devem se inscrever através do site em que o programa está sendo divulgado e a partir dele cadastrar seu currículo e prestar outras informações de ordem pessoal, como informações acerca de documentos pessoais e status para habilitar à imigração. Conforme forem avaliados, os empregadores irão convocar e avaliar cada candidato em entrevistas presenciais.

Os candidatos cujos currículos forem mais interessantes e adequados e ainda forem selecionados por mais empresas, receberão passagem aérea para sair de sua cidade de origem para ir até as entrevistas, bem como hospedagens entre os dias 8 e 11 de maio. Os candidatos também poderão participar de encontros com os executivos das indústrias de tecnologia, tours voltados ao emprego e ainda disporão de tempo para conhecer os pontos turísticos da cidade.

O programa encerra seu período de inscrições em 20 de março e ainda acrescenta em sua descrição que as pessoas que não estiverem entre os primeiros 100 convocados, mas ainda receberem propostas de emprego serão muito bem-vindos em Wellington para também participar da seleção, ainda que tendo de, cada um, arcar com os custos de sua viagem e deslocamento, dado que a cidade só bancará mesmo as custas dos 100 primeiros.

O que ver em Wellington?

Museu da Nova Zelândia

Para conhecer a cultura Maori, difundida por todo o Pacífico, vale a pena reservar algumas horas para conhecer este grande museu interativo. Também conta com réplicas de habitações e meios de transporte utilizados pelos povos originais, como em uma linha do tempo. Além disso, conta com uma arquitetura impecável e muito arrojada.

Mount Victoria

Para ter uma vista panorâmica de toda a cidade e ainda assistir a um belíssimo pôr do sol, suba o Mount Victoria, seja a pé ou aproveitando o sistema de transporte da cidade. É deslumbrante, imperdível e reveladora sobre a estrutura de uma cidade em que tudo funciona.

Jardim Botânico de Wellington

Permite conhecer as espécies nativas da região e ainda apreciar a vista florida em dias primaveris. Como fica ao lado do parlamento, também é possível subir a um plano mais elevado e depois descer para conhecer o outro lado do parque, que é o centro político da cidade.




Curta no Facebook:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *